AQUARELAS DO DESCOBRIMENTO

Exposição de Aquarelas de Carybé

A exposição Aquarelas do Descobrimento nasce a partir de ilustrações de Carybé

para a publicação Carta a El Rey Dom Manuel, uma releitura de Rubem Braga sobre a carta de Pero Vaz de Caminha.

 

As 50 imagens foram posteriormente aquareladas pelo artista,

e seguiram inéditas até 2015, quando ocorreu sua primeira montagem na Caixa Cultural Salvador,

atraindo um público aproximado de 4 mil pessoas.


Com curadoria de Solange Bernabó e parceria do Instituto Carybé, a mostra foi realizada novamente em 2019,

desta vez em Lisboa, onde ocupou o Palácio da Independência e atraiu cerca de 3 mil visitantes.

A iniciativa em Portugal contou com o apoio da Embaixada do Brasil e da Vista Alegre.