AS CORES DO SAGRADO

Exposição de Aquarelas de Carybé

A exposição As Cores do Sagrado, do artista plástico Carybé,

é composta por uma seleção de 50 aquarelas dentre as 128 produzidas entre 1950 e 1980

e que compõem o livro “Iconografia dos Deuses Africanos no Candomblé da Bahia”,

edição rara encontrada apenas entre colecionadores.

 

A montagem aconteceu nos espaços da CAIXA Cultural

em Salvador, Recife, Rio de Janeiro e São Paulo. Realizada entre 2015 e 2017

com curadoria de Solange Bernabó e parceria do Instituto Carybé,

a mostra contou com um público aproximado de 50 mil pessoas.